Saques do PIS/Pasep para Idosos – Calendário de Pagamento

  

Confira aqui o calendário de saque do PIS/Pasep para Idosos.

Os idosos com idade superior a 60 anos devem estar atentos ao calendário que fornece as datas para se realizar os saques do PIS/Pasep.

Desde ontem, segunda-feira, dia 8 de janeiro, foi permitido que mulheres com idade superior a 62 anos e homens com idade superior a 65 anos pudessem realizar sacar o dinheiro de suas contas.

Por outro lado, aqueles que possuem idade a partir dos 60 anos vão conseguir ter acesso a esse dinheiro em dois dias do mês, que já foram escolhidos para ser dia 22 e 24.

Ficou interessado? Se o leitor tem direito a esse benefício ou conhece alguém que o tenha, as informações abaixo podem ser de grande utilidade, já que é necessário ficar atento as datas para não perder o prazo dos dias de recebimento.

Sabe-se que, no último sábado, dia 6 de janeiro, passou a vigorar uma Medida Provisória com o intuito de reduzir a idade mínima, que é necessária para sacar o o Pasep/ Fundo PIS.

Desse modo, o Ministério do Planejamento, logo em seguida, realizou uma divulgação com as datas disponíveis para que os beneficiários, ou seja, pessoas que possuem idade superior a 60 anos, possam realizar o saque do PIS.

Sendo assim, desde ontem, segunda-feira, por meio do processo de crédito automático, todo o dinheiro para mulheres a partir dos 62 anos e homens a partir dos 65, foi depositado em suas contas. Para conseguir ter acesso ao recebimento do dinheiro, basta que o idoso possua alguma conta poupança individual ou conta corrente no Banco do Brasil e na Caixa.

Dessa forma, caso o idoso, que possui o direito a receber tal quantia, não tiver conta na Caixa Econômica e nem no Banco do Brasil , o pagamento deve começar a ocorrer a partir do dia 24 de janeiro. Em casos específicos como esses, em que o idoso beneficiário não possui conta em nem sequer qualquer banco, o dinheiro pode ser sacado em agências próximas.




É necessário lembrar ainda que podem receber o auxílio dos recursos do fundo de cotistas os servidores tanto do setor público quanto privado que fizeram contribuições para o PIS/ Pasep na data limite do dia 4 de outubro de 1988. No entanto, têm acesso aqueles que, durante esse tempo, não realizaram nenhum saque do saldo total disponível na conta.

Com base nas informações fornecidas pelo Ministério do Planejamento cerca de aproximadamente 12,5 milhões de pessoas serão alcançadas pelo benefício do PIS/Pasep. Como já mencionado anteriormente, a Medida Provisória que entrou em vigor recentemente foi positiva por ampliar o número de idosos que devem ter acesso ao benefício. Dessa forma, estima-se que seja injetada na economia brasileira cerca de aproximadamente R$24 milhões de reais.

Sabe-se que a Caixa Econômica Federal fica responsável por realizar o pagamento dos servidores de instituições públicas e privadas. Por outro lado, é o Banco do Brasil o responsável pelo pagamento de militares e idosos que já serviram ao Exército, Marinha e Aeronáutica.

Então, vale ressaltar novamente que aqueles que possuem o direito de receber esse dinheiro devem ficar bastante atentos sobre as datas de recebimento. Isso porque, pode-se perceber que as datas foram muito bem definidas, de acordo com o sexo, idade e disponibilidade de conta em bancos. Por isso, se há possibilidades de concretizar o recebimento, não perca essa chance, pois como já foi falado logo acima, esse dinheiro pode refletir positivamente na economia do país. Isto é, aumentando as compras no mercado, na quitação de dívidas, o que, por consequência, pode gerar mais emprego, renda e até mesmo tirar famílias da linha da pobreza.

Para mais informações, basta acessar ao site do Ministério do Planejamento, que será fornecido no seguinte endereço eletrônico: http://www.planejamento.gov.br/.

Esse dinheiro vem em boa hora, já que não é novidade para ninguém que no último ano de 2017, o Brasil passou por uma grave crise no setor político e econômico. Desse modo, houve um aumento significativo na inflação e muitas vezes o salário de aposentadoria de um idoso não é suficiente para arcar com os custos financeiros como despesas básicas, além de remédios e outras situações.

Ana Paula Oliveira Coimbra




Post Comment