Cursos de Cuidador de Idosos



Confira onde fazer um curso de cuidados de idosos com qualidade e reconhecimento.

Um mercado de trabalho que vem crescendo cada vez mais é o de cuidador de idosos. E, sabendo disso, são necessárias cada vez mais pessoas especializadas e capacitadas para o cuidado da terceira idade, tanto aquelas que possuem ou não necessidades especiais durante a sua rotina.

Sabendo disso, preparamos uma lista de alguns locais que oferecem a formação necessária para o acompanhamento de uma velhice saudável. Vale lembrar que as ofertas variam de semestre para semestre e, portanto, é necessário entrar em contato com a instituição para mais informações sobre inscrições, valores, entre outros.



Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC)

O SENAC oferece um curso para cuidador de idosos em diversas unidades da instituição espalhadas pelo Brasil, como no Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul. Com carga horária total de 160 horas, o mesmo desenvolve todos os conhecimentos do participante no que diz respeito ao processo do envelhecimento normal e, também, em outras situações que possam estar relacionadas à velhice.

Com ele, o aluno poderá estar preparado para todas as necessidades e as expectativas de seus clientes, de forma a prestar uma assistência eficaz e correta. Aumenta-se, com isso, a qualidade de vida de todos os indivíduos envolvidos.

Para saber mais sobre o curso e as unidades em que ele está sendo ministrado, basta acessar o site da instituição, no endereço eletrônico http://www.senac.br.



Microlins

O curso de cuidador de idosos da Microlins traz uma metodologia bastante diferenciada, já que o estudante passará por dois módulos, um de 48 horas de curso voltado para a área e mais 12 horas de Atendimento ao Cliente. Isso acontece, pois o trabalho com os idosos requer diversas habilidades específicas para que seja prestado o melhor atendimento ao cliente.

Com essa característica que agrega valor ao curso, a Microlins preparou o seu curso focado no atendimento de sua demanda no mercado, priorizando sempre a excelência em seu serviço. Com o curso será possível aprender sobre como dominar as funções principais da profissão, como acomodações, procedimentos para banhos, entre outras atividades afins.

A duração do curso é de seis meses (meio ano). Ao final do mesmo, você estará pronto para dar toda a assistência necessária para os que estão na melhor idade e que precisam de tanta dedicação e carinho.

Para mais informações, basta acessar o portal https://www.microlins.com.br/cursos/saude/cuidador-de-idosos e tirar as suas dúvidas.

Profissionalità

Quem reside no Estado do Rio Grande do Sul e quer realizar um curso como cuidador, precisa saber que a Profissionalità está com algumas matrículas abertas nas cidades de Porto Alegre, Novo Hamburgo e Viamão. Com duração de 32 horas, as aulas são voltadas para o desenvolvimento de todas as capacidades do participante nos cuidados com pessoas idosas, identificando os principais processos e as situações que estão relacionadas ao seu envelhecimento.

Sendo assim, o aluno estará apto para identificar as necessidades, prestando a ajuda correta e contribuindo para a melhor qualidade de vida de cada indivíduo. Após formado, a atuação do profissional poderá ser em clínicas de repouso, asilos ou, ainda, nos lares de uma pessoa em específico.

Para mais informações e para se inscrever, o endereço é o http://professionalita.com.br/courses/cuidador-de-idoso.

Unialcance

A Unialcance é outra ótima opção para o curso, já que a carga horária é de 120 horas e qualifica o aluno profissionalmente para a área da saúde, com foco para o trabalho com os idosos. Durante as aulas, o estudante irá aprender mais sobre os conceitos da área, bem como as noções sobre envelhecimento, aspectos clínicos, cuidados gerais e outros como saúde dentária, nutrição, segurança, psicologia, reabilitação, e muito mais.

Todo o plano de ensino e outras informações importantes podem ser vistas no site http://unialcance.com.br/cursos/cursos/comerciais/curso-especifico/cuidador-idosos/cuidador-idosos.html.

Como se pode ver são diversas as opções existentes para quem busca se aperfeiçoar nessa área. E o mercado de trabalho nesse sentido somente tende a crescer.

Isso se dá principalmente porque, conforme dados de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, em menos de uma década, o aumento no número de idosos no Brasil foi de 8,5 milhões de pessoas.

E as estimativas do instituto são de que, futuramente, o crescimento não seja apenas no total de pessoas na terceira idade, mas também na participação delas em todo o conjunto que compõe a população brasileira. Com isso, passar-se-ia dos 8% identificados no ano de 2000 para os quase 19% em 2030.

Portanto, essa é a sua chance de se profissionalizar em uma área em forte expansão. Inscreva-se já.

Por Kellen Kunz



Post Comment