Como Obter o Extrato do INSS?

  

  

A consulta ao extrato do INSS poderá ser realizada por meio do site Meu INSS ou agendamento em uma unidade de atendimento do INSS.

A partir desta segunda-feira, dia 16 de julho, o INSS passa a adotar um novo sistema de consulta ao CNIS (extrato previdenciário do trabalhador). Agora, o cidadão só poderá ter acesso ao extrato por meio da internet, pelo site do INSS, ou em uma unidade de atendimento do INSS, porém, esta necessita de um agendamento prévio.

Todo aquele que comparecer a uma agência a fim de solicitar um dos serviços, virá a ser orientado a agendar um horário e, caso prefira, poderá receber uma senha de acesso ao site do Meu INSS, para realizar o serviço pela internet.


Consulta do Extrato do INSS: mudança no sistema

No último ano, foram contabilizados mais de 18 milhões de atendimentos em agências para a solicitação de extratos ou pedidos de benefícios, sendo metade desse total referente apenas aos extratos previdenciários. Todo esse novo sistema tem como objetivo otimizar o tempo de espera de muitas das pessoas que visitam as agências do INSS para solicitar algum serviço.

Essa mudança pode ser encontrada na Instrução Normativa de número 96, onde fica estabelecido como o principal canal para emitir e solicitar extratos e serviços do INSS é o Meu INSS. Além disso, isso incentiva ainda mais o uso dos meios da internet para a obtenção e acesso ao extrato previdenciário e demais certidões, pelo fato de ser mais prático e rápido. Caso o cidadão não consiga ter acesso aos serviços por meio deste canal, ele poderá ir até uma unidade de atendimento para agendar um horário.

Além do extrato do INSS, também passarão a ser atendidos apenas por meio de agendamentos serviços como:

  

· Consulta à Carta de Concessão;

· Consulta da Declaração de Benefício Consta / Nada Consta;

· Consulta ao Extrato de Empréstimo Consignado;

· Consulta ao Extrato de Imposto de Renda;

· Consulta do Histórico de Crédito de Benefício.

Utilizando a internet, estas consultas podem ser realizadas por meio do site Meu INSS meu.inss.gov.br/central/index.html#/. Além do mais, estes serviços também estão disponíveis em aplicativo para smartphones Android e iOS.

Desde o mês de maio, serviços como mudança do meio de pagamento ou mudanças em relação à agência de relacionamento também passaram a ser realizados mediante agendamento. Esse sistema visa beneficiar os segurados, trazendo-os mais conforto e segurança de que todos serão atendidos no dia e horários desejados.

Assim como tudo em nossa volta, o INSS também está usando as tecnologias e modernidades para melhorar o ser serviço e facilitar a vida dos cidadãos, visto que, agora, é possível ter acesso a todos esses serviços sem precisar sair de casa.

Como realizar o meu cadastro no site “Meu INSS”?

Primeiramente, para efetuar seu cadastro no site Meu INSS, é necessário estar com seus documentos pessoais e Carteira de Trabalho em mãos. Isso se deve ao fato de que durante o cadastro, o sistema irá fazer algumas perguntas de segurança, referente aos nomes das empresas onde já trabalhou, aos valores dos benefícios recebidos, as datas de recebimento ou contribuição de benefícios, entre várias outras.

No caso de o usuário vir a errar mais de uma pergunta, o mesmo precisará aguardar por 24 horas antes de tentar mais uma vez, ou ligar para o número de telefone 135 ou, até mesmo, ir até uma agência do INSS. O horário de atendimento pelo 135 é de segunda a sábado, das 7h às 22h. Para telefones fixos a ligação é gratuita e para celulares o valor cobrado é o mesmo que de uma ligação local.

Apesar disso, o cadastro é realizado de forma muito simples e rápida. No final do cadastramento, o segurado irá escolher uma senha para uso no site, esta é de caráter intransferível e pessoal.

Segundo o INSS, os clientes ainda podem consultar o extrato previdenciário nos bancos Caixa Econômica Federal, Bradesco e/ou Itaú Unibanco.

Por Felicia Lopes

Meu INSS



Post Comment