Calendário INSS 2022 – Pagamento da Aposentadoria Final 9

Confira aqui o calendário de pagamento da aposentadoria 2022 para beneficiários com final 9.

O novo calendário de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para aposentados e pensionistas para o ano de 2022 já saiu e com valores e datas atualizados. Os pagamentos começam a partir dessa terça-feira (25 de janeiro) até o dia 7 de fevereiro e será pago inicialmente para os beneficiários que recebem até um salário mínimo.

Para aqueles que recebem mais que um salário mínimo, o pagamento será creditado a partir do dia 1º de fevereiro. Lembrando que o valor do salário mínimo também passou por um aumento. De R$ 1.100 (mil e cem reais) o valor foi para R$ 1.212 (mil e duzentos e doze reais) nesse ano.

E o valor nesse mês já será creditado o valor novo (com acréscimo de 10,16% se comparado ao mês anterior), visto que o governo divulgou o reajuste das aposentadorias pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Desse modo o teto máximo das aposentadorias e pensões será de R$ 7.087,22 (sete mil e oitenta e sete reais e vinte e dois centavos reais).

Assim como os anos anteriores, os depósitos seguirão o mesmo padrão que os anos anteriores, já que serão determinados pelo último número do cartão do INSS (para os que foram concedidos recentemente). Já para os que já são beneficiários a mais tempo, continua valendo a data em que recebem atualmente.

Veja aqui a data de crédito do benefício para os aposentados e pensionistas com cartão de final 9.

  • Dezembro de 2021 – 06/jan
  • Janeiro de 2022 – 04/fev
  • Fevereiro de 2022 – 08/mar
  • Março de 2022 – 06/abr
  • Abril de 2022 – 05/mai
  • Maio de 2022 – 06/jun
  • Junho de 2022 – 06/jul
  • Julho de 2022 – 04/ago
  • Agosto de 2022 – 06/set
  • Setembro de 2022 – 06/out
  • Outubro de 2022 – 07/nov
  • Novembro de 2022 – 06/dez
  • Dezembro de 2022 – 05/jan

Como consultar?

Para saber se você faz parte dos beneficiários que possuem o último digito no cartão com o número "9" e irão receber nas datas especificadas acima, você precisa analisar seu cartão e verificar a numeração que consta nele.

Para você, a numeração possui 10 dígitos, sendo os 9 primeiros os que vamos considerar para saber a data que você vai receber seu benefício. Logo, se o último número dentre os nove primeiros for "9"', você irá receber na data acima.

Por exemplo, suponhamos que o número do seu cartão seja "111.222.339-5". Como só é válido os nove primeiros dígitos antes do traço, seu digito seria o "9".

Quem tem o direito a receber o benefício:

  • Auxílio-acidente
  • Auxílio-doença
  • Auxílio-Reclusão
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição
  • Aposentadoria especial por tempo de contribuição
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição
  • Aposentadoria por invalidez
  • Aposentadoria por Idade Rural
  • Aposentadoria por Idade Urbana
  • Aposentadoria por tempo de contribuição do professor
  • Benefício assistencial ao idoso e à pessoa com deficiência (BPC)
  • Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso
  • Salário-família
  • Salário-maternidade
  • Salário-Maternidade Urbano
  • Salário-Maternidade Rural
  • Seguro Defeso – Pescador Artesanal
  • Pensão especial por hanseníase
  • Pensão especial da síndrome da Talidomida
  • Pensão por Morte Urbana
  • Pensão por Morte Rural

Se tiver mais dúvidas ou precisar de mais informações a cerca do benefício você pode entrar diretamente no site oficial do INSS (https://www.gov.br/inss/pt-br) e procurar a informação desejada. Atualmente é possível realizar diversos processos totalmente online através do site de modo que facilita muito a vida do beneficiário que não pode se locomover a uma agência.

Caso você prefira, você também pode entrar em contato com o INSS através da central de atendimento telefônico através do número 135. O serviço de atendimento telefônico funciona de segunda a sábado, das 7 às 22 horas (horário de Brasília) e a chamada pode ser efetuada de forma gratuita através de orelhões e telefones fixos. Se a ligação for feita a partir de celular, pode haver cobrança de tarifa a depender da operadora.

Darlan Alesson Ramos Barbosa

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.